MIKE DAVIS EM PLANETA FAVELA: UM DIÁLOGO COM AS NARRATIVAS DE MARCOS ALVITO E CHRISTINA VITAL SOBRE A RELIGIOSIDADE E CONSTITUIÇÃO ESPACIAL NAS FAVELAS DE KINSHASA E ACARI

Cristina da Conceição Silva, Idemburgo Pereira Frazão Félix, Jurema Rosa Lopes

Resumo


O presente artigo busca apresentar aspectos que tratam da favela na visão de Mike Davis, com base no livro Planeta Favela, onde o autor descreve sobre o desenho das mesmas em meio às paisagens urbanas nas grandes cidades. Trataremos também acerca da visão do autor o discurso sobre o crescimento da população pobre nas megacidades, que segundo o mesmo culmina em moradias irregulares. Seguindo os escritos do autor, abordaremos a respeito da influência religiosa em uma favela do Congo, onde seus habitantes adotam práticas religiosas pentecostais a partir de lideranças religiosas. E assim, procuraram adquirir através da fé a prosperidade e tornar mínimos os problemas econômicos e sociais, pelos quais esse grupo estava inserido. Ademais, traremos à tona as pesquisas narrativas de Marcos Alvito e Christina Vital Cunha sobre a favela de Acari e seus complexos. De forma a evidenciar a formação dos espaços geográficos em pauta, a migração de grupos para o sítio, em busca de acesso ao núcleo da cidade do Rio de Janeiro, bem como a relação religiosa de moradores e traficantes com a fé católica, protestante e de matrizes africanas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.