O empreendedorismo como base do turismo sustentável: Proposta de modelo de convergência

Nuno Abranja

Resumo


Os pequenos empreendimentos que transitam do sonho para o mercado são fundamentais para o crescimento económico e social de qualquer área-destino, pela sua capacidade de gerar emprego, rendimento e divisas, pela redução de assimetrias regionais que possibilita, pelo preenchimento das necessidades de determinados nichos de mercado, pela flexibilidade de atuação e de complementaridade às atividades das grandes empresas, pela predisposição natural que tem para inovações e controlo de risco, pela formação e qualificação de mão-de-obra e pela constante ativação da economia local. Pretende-se apresentar um ensaio teórico sobre a importância e a contribuição do empreendedorismo e dos empreendedores no desenvolvimento turístico sustentável de uma região. Visa-se também analisar as principais diferenças entre o empresário comum e o empreendedor, assim como a atitude que cada profissional de turismo deve assumir no sentido de se tornar num ativo determinante no desenvolvimento turístico sustentável da região. Pretende-se por fim expor uma proposta empreendedora apoiada no Modelo de Boisier (2001), onde se pensa reunir elementos que podem vir a contribuir para a criação de um turismo sustentável, suportada na investigação de vários autores e teorias científicas. 


Palavras-chave


Empreendedorismo; Turismo; Turismo sustentável

Texto completo:

PDF