AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS PORTADORES DA DOENÇA DE PARKINSON

Aline Affonso Luna, Beatriz Tosé Agathão, Camilla Ferreira Catarino, Aline Piovezan Entringer

Resumo


Objetivo: identificar a qualidade de vida de pacientes portadores da Doença de Parkinson. Método: trata-se de um estudo transversal realizado em uma instituição localizada na cidade de São Paulo. A amostra por conveniência foi composta por dezessete pacientes com idade igual ou superior a 60 anos e diagnóstico de Doença de Parkinson há um ano. Os dados foram coletados através de um formulário para caracterização da amostra e o instrumento Ferrans e Powers para avaliar o Índice de Qualidade de Vida. Resultados: a maioria dos entrevistados revelou algum grau de satisfação em todos os domínios. O domínio saúde e funcionamento apresentou maior grau de insatisfação. A média do Índice de Qualidade de Vida dos indivíduos foi de 24,38. Conclusão: estudos dessa natureza possibilitam o conhecimento das dimensões e limites do envelhecimento contribuindo para o desenvolvimento de intervenções que favoreçam o bem-estar de idosos.

DESCRITORES: Qualidade de vida; doença de Parkinson; idoso.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.