USO DE MODELOS DIDÁTICOS NO ENSINO DE GENÉTICA: ESTRATÉGIAS METODOLÓGICAS PARA O APRENDIZADO

Leandro Pereira Rezende, Sâmea Cristina Santos Gomes

Resumo


O ensino de Genética vem enfrentando ao longo do tempo dificuldades pelos alunos na assimilação dos seus conceitos básicos. Em muito, devido à dicotomia entre a teoria e prática, o que leva ao não aprendizado efetivo nessa disciplina. O objetivo desse trabalho foi utilizar modelos didáticos que facilitem a aprendizagem de temas sobre Genética com alunos da terceira série do Ensino Médio. O estudo foi realizado em uma Escola Pública da rede estadual de ensino, no município de Grajaú-MA. Participaram do estudo 31 alunos da 3ª série do Ensino Médio. Foram utilizadas atividades com materiais de fácil reprodutibilidade pelos alunos e professor de sala, enfatizando os temas abordados em Genética. Ao realizar aulas utilizando materiais didáticos de fácil reprodutibilidade, percebeu-se as vantagens de aliar a teoria à prática, garantindo assim a oportunidade para que os alunos participem ativamente nas aulas,  formulando questões, expressando ideias, interagindo com os  grupos e, sobretudo, buscando soluções para os problemas propostos. 


Palavras-chave


Ensino. Genética. Material didático. Estratégia metodológica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-2380

 

Indexadores:

Latindex,  Diadorim, Google AcadêmicoSumarios.Org