EXPERIMENTOS ADAPTADOS PARA ESTUDANTES COM DEFICIÊNCIA VISUAL

Sofia Castro Hallais, Giselle Faur de Castro Catarino, Maria da Conceição de Almeida Barbosa-Lima

Resumo


Resumo

A inclusão de alunos, com deficiência visual em salas de aulas regulares, possibilita a socialização e  o desenvolvimento da cultura que em conjunto com a família, tem importante papel no processo de desenvolvimento e aprendizagem destes sujeitos. Aqui apresentamos algumas adaptações de experimentos de física desenvolvidos de maneira acessível para pessoas cegas e/ou com baixa visão, respeitando o princípio da diversidade e da inclusão sem tornar - los um recurso fechado apenas para alguns alunos, mas permitindo ao professor utilizá - los com toda a sua turma. Um breve histórico de cada aparato é apresentado.  Um dos objetivos deste recurso didático é utiliza - lo, como “configuradores” da informação que poderá ser transformada em conhecimento, após um dinâmico e longo processo de transformações, a partir de apropriações que os alunos farão com a mediação do professor. O acesso e a compreensão da informação é a “porta de entrada” ao conhecimento.


Palavras-chave


: Inclusão dos deficientes visuais, Experimentos de Física, Educação adequada

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-2380

 

Indexadores:

Latindex,  Diadorim, Google AcadêmicoSumarios.Org