A NARRATIVA ENQUANTO ELEMENTO CULTURAL IMATERIAL NA COMUNIDADE TRADICIONAL PESQUEIRA DE ARRAIAL DO CABO

Manuela Chagas Manhães, JULIO RAMOS ESTEVES

Resumo


O trabalho analisa como as identidades são construídas por meio da herança cultural intermediada pela narrativa, em um processo permanente de transmissão cultural e de participação dos indivíduos nas atividades cotidianas de extração marinha da Região dos Lagos no estado do Rio de Janeiro. Com destaque das atividades, tais como pesca da anchova, da lula, do camarão e extração de mariscos como meio de fortalecimento da identidade social. Para melhor compreensão fundamenta-se a partir de três eixos norteadores: (1) identidade cultural, memória coletiva e pertencimento; (2) narrativa e história oral como meio de socialização e resgate da identidade dos membros da comunidade. Assim o objetivo é analisar a identidade como processo, a percepção da realidade cultural, a transmissão de modos apreendidos, as relações simbólicas e principalmente a valorização cultural além de nortear a importância da autoidentificação para que haja reconhecimento desta comunidade como comunidade tradicional e assim possibilitar a reflexão da justiça territorial, ambiental e social.


Palavras-chave


comunidade pesqueira, narrativa, história oral e identidade sociocultural.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.