RELAÇÕES AXIO(DIA)LÓGICAS: NAS FRONTEIRAS DE BAKHTIN, VOLÓCHINOV E MEDVIÉDEV

Wilder Kleber Fernandes de Santana

Resumo


Neste artigo propomo-nos a apresentar algumas contribuições das formulações linguístico-filosóficas de Bakhtin e o Círculo para a reflexão sobre as relações dialógicas e axiológicas nas fronteiras dos discursos ético e estético, o que reverberou em uma categoria cunhada por Santana (2017): relações axio(dia)lógicas. Nosso foco de atenção circunscreve alguns conceitos que podem potencializar o debate sobre o funcionamento da linguagem e de sujeitos responsivos ativos, como dialogismo, axiologia e interação. Para análise, delimitamos como corpus quatro versos bíblicos relatados por João, em seu evangelho (Bíblia de Jerusalém, 2002), acerca das palavras de Jesus, em réplicas aos judeus. Buscamos, assim, discutir sobre o sujeito e a linguagem na perspectiva do Círculo de Bakhtin, tendo em vista as dimensões/relações axio(dia)lógicas que envolvem toda essa arquitetônica discursiva. 


Palavras-chave


Relações axio(dia)lógicas. Linguagem. Sujeitos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.